segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Enfim, Dilma

Patricia, Vania, Angela, ou melhor Dilma Vana Roussef, mulher de passado brilhante e corajoso, enfrentou três eternos anos de cadeia e tortura sem entregar nenhum companheiro de luta. Ao sair da prisão no ano de 1974 mergulhou nos estudos, formou-se em econômia e nunca escondeu o seu passado, continuou a sua batalha por um Brasil mais justo, igualitário e democrático.

Primeira mulher após 200 anos de história a ocupar o cargo mais alto da política brasileira. Uma vitória não somente das mulheres, mais sim, de toda uma geração que vem ajudando na construção de um Brasil melhor.

Resta saber como a direita tradicional irá se comportar nos próximos quatro anos. Talvez tentativas de golpes com apoio de "conhecidos tablóides" podem estar pelo seu caminho. Porém nesse período de intensa liberdade de expressão, cabe aos que praticam o bom jornalismo, a tarefa de informar de maneira isenta e imparcial.

Alexandre Souza

Um comentário:

  1. Tablóides conhecidos podemos citar O GLOBO e
    O ESTADO DE SÃO PAULO.

    ResponderExcluir